Harmônica e sensual antítese,

timbre rouco e doce,

ríspido veludo:

Zaz,

um charme!

Além da canção sobre os transeuntes

com os versos rasgados

Leurs visages comme des masques me font l’effet répugnant
Que faire semblant, c’est dans l’air du temps,
 
a interpretação do clássico  “Dans ma rue”,
 –
que retrata bem a Piaf das ruas…
Dans Ma Rue tous les soirs je m’ promène
On m’entend sangloter dans la nuit
Quand le vent jette au ciel sa rengaine
Tout mon corps est glacé par la pluie.
vale comprar o cd e ouvi-lo
inteiro
no escuro da sala
claro céu entre edifícios
depois,
La Vie en Rose,
com Ana Cañas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: