A lindíssima ilustração de Jana Magalhães me fez rever o filme,

me devolveu à graça e à leveza da personagem,

interpretação primorosa de Audrey Tautou…


“Estranho o destino dessa jovem mulher,

privada dela mesma, porém tão sensível ao charme

das coisas simples da vida…”

Do filme O fabuloso destino de Amélie Poulain,

de Jean-Pierre Jeunet.

Há outras imagens que me retiram do caos ou da mesmice,

E me atravessam,

feito os sons oníricos de Yann Tiersen…


…Anne Julie não tem um pouco de Tim Burton?



E quantas Clarices em Mariana Massarani e Karine Daysai?


quem me sabe por rabiscos?

quem trisca e acha o grito?

…e nenhuma emoção, só essa de estar aqui se dizendo.

cores, calêndulas, anêmonas, espumas sobre um rio leitoso, onde?

onde?

alguém se atirou no Ouse…quem?

Hilda Hilst


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: