Alice me perguntou o que fazer no final de semana,

que, segundo ela, já chega  se espreguiçando,

meio chuva meio sol.

…?

Desacelerar.

Roçar o ócio.

Ler Sonhos de Einstein, e contemplar as texturas do tempo.

Delicado e instigante foram os termos utilizados por Salman Rushdie para descrever o texto do físico, professor e escritor Alan Lightman. E é exatamente assim.

Saiu pela Companhia das Letras, em 1993. Com tradução de Marcelo Levy.

Ouvir Tempo de samba, de Leo Minax e Chico Amaral. Está no disco AULANALUA.  Delicioso casamento de letra e melodia. O ritmo do tempo é temperado pelo tic-tac da aliteração em t. Canção linda-leve, de ouvir muitas vezes.

Também dele, só que em parceria com Jorge Drexler, ouvir Causa e efeito, do cd STEREO13.

O site é http://leominax.com/

Sentir o cheiro da chuva.

Beijar na boca.

Ser O equilibrista*, de Eucanaã Ferraz

Traz consigo resguardada
certa idéia que lhe soa
clara, exata.

No entanto, hesita: que palavra
a mais bem medida e cortada
para dizê-la?

Enquanto não lhe vem o verso, a frase, a fala,
segue lacrada a caixa
no alto da cabeça.

*Está em Rua do mundo. Vila Nova de Famalicão: Quasi Edições, 2007.

Ou no site http://eucanaaferraz.com.br/


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: