Próximo post

Voz entre flor de pêssego e cal.

Lanceia. Desavisa. Apraz.

Lume tácito. Buganvília. Farpa.

Voz sem vestimenta prevista. Nem rouge, nem batom.

Cardume de graveza, gravame e caju.

Mistura de sargaço e sertão.

Rosa e urucum.


Timbre agreste, umedecido.

Avesso a rótulos, incita antíteses.


Café coado com chopp. Ela tem bossa. Valsa, balada, soul…

Traz o Rio de Janeiro pra Belo Horizonte. E vice-versa.

Afeita a mar, compõe, rediz a montanha.

Ela sombreja, abrasa.

Broa de fubá. Copacabana.

Incendeia, acalma.


Seu compositor predileto?

Tom Jobim.

Seu som?

Risco seco em oceano doce.


Lixa caramelada.

Saíra, mutum, assanhaço. Salina, coral, igaratim.

Nome asa, de espectro azul.

Janaína Assis:

iguaria da canção.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: