Há dois anos ou mais assisti à uma aula

linda-densa-poética do professor Flávio de Castro,

e ele disse sobre como um verso e/ou um título

podem nos tocar/impactar…

Lembro-me que citou –  “trêmulo/comovido” – A lua no varal.

A sala? Gelada e insossa, não entendeu ou não se manifestou.

Num trejeito de corpo, ele driblou a situação e tocou a matéria…

Hoje deparei-me com um livro de Fiama Hasse Pais Brandão

que já se justifica pelo título; fiquei chapada…

Divido-o com você, professor.

Em cada pedra um voo imóvel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: