Caetano Veloso. 1974

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Caetano. O prancha. Tropicar não é soda água de coco e nem chá de palha. O ismo mais feliz é redundante no seu filho. Viva o homem que trota sobre os versos e é leão criador catalisador zeloso. Sempre que eu falar de você rambele jamais soará um trote. Sentimentos 0900.

Por Carlinhos Brown

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nu com a minha música

Fora isso somente amor

Coragem grande é poder dizer sim

E bye pra esses jornalistas – seduzidos pelo poder de ter a palavra publicada – que só falam merda sobre o Caetano, um festival de despeito e desconhecimento.

Será que já ouviram Transa? Circuladô de fulô?

Se tivessem escutado, estariam, no mínimo, tocados com o que há de força e beleza ali. Mas eles não se tocam, e não viram o disco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: