O mar é só mar, desprovido de apegos,

matando-se e recuperando-se,

correndo como um touro azul por sua própria sombra,

e arremetendo com bravura contra ninguém,

e sendo depois a pura sombra de si mesmo,

por si mesmo vencido. É o seu grande exercício.

Cecília Meireles

 

o que é que há com beLo horizoNte?

cidade sem Gi

cidade sem giz,

previsível, habitável

sem seu cabelo tingindo de vermelho

quarteirões inteiros da Fernandes Tourinho,

impedindo o sossego dos transeuntes;

sem seu sorriso alongando as madrugadas já abandonadas, vazias…

cidade sem Letícia e sua felicidade desconfiada, cabreira, ensimesmada,

e talvez por isso mesmo mais feliz do que

a dos de sorriso armado-límpido-pronto para a fotografia

e para quem mais quiser consumir…

cidade sem os s sibilantes, graves mas não guturais, de Féres…

ontem-hoje-antes-de-ontem-e-antes-ainda-e-talvez-amanhã

a voz de Tatiana Parra,

na canção Mãe, de Flávio Henrique e Guilherme Wisnik,

túnel fundo fenda pra nascer

http://www.myspace.com/tatianaparra

a voz de Thaís Gulin,

na canção Defeito 10: Cedotardar, de Moacyr Albuquerque,

liberdade errante-certeira, timbre seguro que transporta

e não devolve a passagem, ousadia sem beca e de batom

…te sigo.

http://www.myspace.com/thaisgulin

 

a voz de Janaína Assis,

na canção Marinheiro, de Alexandre Amaro e Flávio Boaventura,

bendita lâmina grave que fere a parede e traz

as febres loucas e breves

que mancham o silêncio e o cais.

http://www.myspace.com/janainaassis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: